Google Adsense Topo
ELEIÇÃO 2020

Perdi a visão, não a vontade de trabalhar, diz deficiente visual Fernando Valões, candidato a vereador em Arapiraca

Ele diz que a sua campanha vai seguir todos os protocolos e orientações das autoridades sanitárias devido à pandemia do coronavírus.

07/10/2020 06h19
Por: Jorge Rocha
Fonte: noticiasdasuacidade
15

Ele diz que a sua campanha vai seguir todos os protocolos e orientações das autoridades sanitárias devido à pandemia do coronavírus.

Nunca na história das eleições em Arapiraca, teve algum candidato deficiente visual. Em todas as campanhas são lançadas candidaturas de cadeirantes, com excelentes propostas de trabalho, principalmente quando o assunto é acessibilidade.

Este ano, entre os 308 candidatos as 19 vagas do maior Legislativo do interior de Alagoas, em Arapiraca, começa a despontar um nome de um deficiente visual, o radialista Fernando Valões.

Desde que foi liberado pela Justiça Eleitoral o direito para que os candidatos possam divulgar suas campanhas nas redes sociais, Fernando Valões, o “Ceguinho”, como ele mesmo se define, tem postado pequenos vídeos colocando seu nome para a escolha popular através do voto no dia 15 de Novembro.

Sem papas na língua, sem medo de dizer a verdade, como ele mesmo faz questão de se definir, Fernando Valões dispara: “perdi a visão, não perdi a força para lutar por dias melhores para a nossa sociedade que tanto clama por políticos comprometidos com os problemas da cidade, que não são poucos”.

Ele diz que a sua campanha vai seguir todos os protocolos e orientações das autoridades sanitárias devido à pandemia do coronavírus.

“Como este ano não tem trios elétricos nas ruas, vou mostrar minhas propostas com um mega fone de alta qualidade, que não vai aborrecer quem estiver ouvindo minhas falas”, garante Fernando Valões.

Ele diz que uma das suas bandeiras de luta no Legislativo será cobrar da administração municipal uma urgente política de acessibilidade, já que as calçadas de Arapiraca parecem mais tobogans, onde os portadores de necessidades especiais enfrentam sérios problemas com quedas e esbarrões, provocando acidentes graves.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.