Google Adsense Topo
BRASIL

Vídeo: Terapeuta acusado de estupro diz que é inocente e decide se afastar das atividades

O terapeuta e guru da meditação Tadashi Kadomoto publicou um vídeo nas redes sociais, na madrugada desta segunda-feira (12),

12/10/2020 09h17
Por: Jorge Rocha
Fonte: Redação
24

Oterapeuta e guru da meditação Tadashi Kadomoto publicou um vídeo nas redes sociais, na madrugada desta segunda-feira (12), e afirmou que desconhece o processo no qual é acusado de estupro de alunas e estagiárias. “Fiquei sabendo pela imprensa que sou réu, acusado de atos graves que não cometi. Não fui procurado pela Justiça”, disse.

Ainda de acordo com o terapeuta, diante da repercussão que o caso ganhou, ele vai se afastar das atividades até que tudo seja esclarecido e a inocência comprovada. “Quem me conhece e convive sabe da minha conduta e do respeito que eu tenho pelo cuidado com as pessoas. Tenho falhas, cometo erros, como todo ser humano, mas jamais cometi atos criminoso”.

O guru da meditação ainda destacou que acusações graves como a que recai agora sobre ele já destruiu inúmeras reputações de famílias e, mais tarde, foram comprovadas como injustas. “Estou à disposição das autoridades para os esclarecimentos necessários”, concluiu.

O caso
Entre as alunas e estagiárias que acusam o terapeuta, está uma mulher que afirma tê-lo procurado para tratar de distúrbios alimentares, e, durante sete anos de tratamento, foi vítima de vários abusos sexuais.

Após coletar provas dos crimes e ouvir testemunhas, a Promotoria de Justiça disse que procurou Tadashi Kadomoto, que agora responde por cinco estupros cometidos contra pacientes. Além disso, o guru também responde por lesão corporal grave, devido aos danos psiquiátricos causados na vítima.

Assista:

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.