Google Adsense Topo
BRASIL

Ilhéus: Homem filmado agredindo ex-namorada tem duas ocorrências de ameaça contra uma adolescente

Acada momento surgem novas informações envolvendo Carlos Samuel Freitas Costa Filho, flagrado agredindo uma mulher em Ilhéus, no sul da Bahia

16/10/2020 19h28
Por: Jorge Rocha
Fonte: BNEWS
19

 

Acada momento surgem novas informações envolvendo Carlos Samuel Freitas Costa Filho, flagrado agredindo uma mulher em Ilhéus, no sul da Bahia. Procurada pelo BNews, a assessoria da Polícia Civil, afirmou que entre os registros contra o homem constam duas ocorrências de ameaça a uma adolescente - fora do contexto da Lei Maria da Penha -, e um registro de ameaça e difamação contra um jovem do sexo masculino.

Ao contrário do que já havia sido divulgado antes, a Polícia Civil informou, por meio de assessoria, que Carlos Samuel responde por 10 ocorrências, sendo três na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) - com inquéritos já remetidos à Justiça - e sete em outras delegacias. 

Segundo a instituição, além das ameaças à adolescente, há registros de uma ocorrência por maus-tratos contra a própria mãe feito por uma vizinha, em 2017, um registro de crime contra a honra de uma ex-namorada e um de ameaça contra uma mulher fora do contexto da Lei Mara da Penha. Outra ocorrência foi registrada por ameaça e difamação contra um jovem do sexo masculino.

Na última quinta-feira (15), a Deam, de Ilhéus, interrogou Carlos Samuel Freitas Costa Filho. O homem se apresentou acompanhado de um advogado, mas foi liberado por não ter havido flagrante. 

Horas depois o Ministério Público estadual pediu a prisão preventiva do agressor "O pedido da prisão se fundamentou 'na necessidade de resguardar a ordem pública, considerando-se a gravidade da conduta concreta (exacerbada violência empregada) e a condição reincidente do autor do fato'", diz o MP-BA, em nota. 

Carlos Samuel Freitas Costa Filho foi filmado desferindo 11 socos contra a vítima, que seria uma ex-namorada.

Nesta sexta-feira (16), a vítima, identificada como Franciele Azevedo, de 26 anos, disse na RecordTV Itapoan que foi agredida mais três vezes após as imagens gravadas que viralizarem na internet, e que teme pela segurança dela e da família.
 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.