Google Adsense Topo
ELEIÇÃO 2020

Pleno do TRE decide que Luciano Barbosa está fora da disputa e deve suspender campanha

O vice-governador Luciano Barbosa está fora da disputa eleitoral em Arapiraca e deve suspender as atividades de campanha, decidiu o Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE

09/11/2020 18h21
Por: Jorge Rocha
Fonte: CADAMINUTO
8

O vice-governador Luciano Barbosa está fora da disputa eleitoral em Arapiraca e deve suspender as atividades de campanha, decidiu o Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) em sessão realizada nesta segunda-feira (9). Conforme o julgamento que começou na tarde de sexta-feira e terminou hoje, Barbosa não poderá ter seu nome nas urnas.

Da decisão, agora cabe recurso apenas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), informou a assessoria do TRE/AL. 

O desembargador Otávio Praxedes, relator do processo, considerou que Luciano Barbosa não tem condições legais para ser candidato, portanto não pode ter seu nome na urna. Os desembargadores eleitorais Silvana Lessa Omena, Maurício Breda e Davi Antônio Lima Rocha seguiram o voto do relator. Já o desembargador Hermann de Almeida Melo se averbou suspeito, não podendo votar, e o presidente do TRE, desembargador Pedro Augusto de Mendonça, não vota neste tipo de ação. 

Votaram contrários ao relator, os desembargadores Felini de Oliveira Wanderley, que havia feito pedido de vistas suspendendo a sessão, e Eduardo Campos.

Além de não ter o nome na urna, Luciano vai ficar sem programa eleitoral e sem inserções no rádio. O ex-prefeito também não pode realizar campanha nas ruas, devendo interromper imediatamente qualquer distribuição de adesivos ou bandeiras. 

Na quinta-feira, o TRE já havia decidido que Luciano Barbosa não possuía direito a participar dos programas de rádio, nem a direito de reposta. Na decisão, o desembargador eleitoral Maurício Breda explica que a propaganda de Luciano Barbosa estaria suspensa, o que impedira que ele exibisse seus guias. 

"Qualquer decisão referente a eventual direito de resposta aos candidatos José Luciano Barbosa da Silva e Rutineide Pereira Melo de Lira se encontra com seus efeitos suspensos", destaca o magistrado.

 

*Com Assessoria 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.