Google Adsense Topo
RECUPERAÇÃO

Alagoas retoma 60% do fluxo de passageiros em outubro no Aeroporto Zumbi dos Palmares

Comparação entre outubro de 2019 e 2020 comprova retomada da atividade turística no estado; mais de 100 mil pessoas passaram pelo aeroporto

11/11/2020 11h24
Por: Jorge Rocha
Fonte: Agência Alagoas
7

A retomada gradual do turismo em Alagoas tem sido impulsionada, entre outros fatores, pelo aumento das operações aéreas no estado. Prova disso é que no mês de outubro o Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, considerado a principal porta de entrada para turistas em Alagoas, registrou uma movimentação de passageiros equivalente a 60% do total registrado no mesmo período do ano passado. 

Em outubro deste ano, 102.951 passageiros passaram pelo principal aeroporto de Alagoas, entre embarques e desembarques. Já no mês anterior, este número foi de cerca de 66 mil pessoas, representando um aumento mensal de quase 55,54% no fluxo de passageiros. Este foi o primeiro mês do ano, desde o início da pandemia, onde este número supera a marca dos 100 mil viajantes. Somente os meses de janeiro, fevereiro e março - período de verão e pré-pandemia - registraram uma movimentação superior a esta. 

Para o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, os dados consolidam a retomada do turismo em Alagoas que, gradualmente, volta a receber turistas sendo um dos destinos mais buscados do mercado brasileiro. 

“O crescimento do fluxo de passageiros no Zumbi dos Palmares é a prova de que nosso trabalho tem dado certo. Estamos desde o início da pandemia em diálogo com as principais companhias aéreas, reforçando nossos acordos de concessão de incentivos, garantindo o restabelecimento da malha aérea. Já temos 13 voos diários provenientes dos principais mercados do turismo brasileiro e teremos 32 voos fretados que começam já neste mês de novembro para o verão. O turismo se recupera de forma cautelosa e segura, e voltaremos a impactar positivamente na economia do estado ainda neste ano”, comemora Rafael Brito.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.