Google Adsense Topo
ELEIÇÃO 2020

Cai o número de militares eleitos no país, apesar do recorde de candidatos

Os dados indicam mais uma derrota do bolsonarismo nas últimas eleições municipais

18/11/2020 07h53
Por: Jorge Rocha
Fonte: Redação
12

O número de candidaturas de militares foi recorde nas últimas eleições, mas o número de eleitos caiu de 693 para 623 no país. Entre os vereadores a queda é de 11%, mas com relação aos prefeitos, houve um ligeiro aumento.

Há quatro anos, 33 deles conseguiram chegar ao Executivo municipal. Neste ano, são 36. O número, no entanto, é considerado baixo com relação ao total de candidatos à prefeito, que foi de 387.

O levantamento é do G1, que levou em consideração todos aqueles que se identificaram como policial militar ou civil, bombeiro militar, membro das Forças Armadas e militar reformado.

No total, 587 candidatos a vereador que se apresentam como oriundos das forças de segurança foram eleitos neste ano. Eram 5.968 na disputa. Em 2016, foram eleitos 660

São Paulo foi o estado onde o maior número de militares se elegeram (89). Na sequência, aparecem Minas Gerais (75), Paraná (39) e Rio Grande do Sul. No Rio de Janeiro, base eleitoral do presidente Jair Bolsonaro, apenas 38 candidatos foram eleitos.

São Paulo também lidera a lista com mais prefeitos eleitos vindos das forças de segurança: 8. Em seguida estão os estados de Goiás e Minas Gerais, com quatro prefeitos eleitos cada um.

Os dados indicam mais uma derrota do bolsonarismo nas últimas eleições municipais.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.